Seu JavaScript está desativado.

Adriana Balthazar

30.003

NOVO

RJ

Deputado(a) Estadual

Adriana Balthazar tem 49 anos, nasceu no Rio de Janeiro, no dia 8 de dezembro, dia que costuma ser atribuído ao dia da justiça.

Coincidentemente ou não, desde pequena sempre foi muito aguerrida na defesa do que achava correto, das pessoas que julgava prejudicadas e das causas e bandeiras que lhe despertavam a alma.

Bateu panela pelas Diretas Já e foi às ruas pedir o Impeachment do ex presidente Collor.

Suas ações a aproximaram do Movimento Vem Pra Rua que já apontava como um promissor movimento de mobilização social do país. Ganhou a simpatia e confiança dos líderes do movimento que a chamaram para montar e coordenar o núcleo no Rio de Janeiro. Nascia ali, sem se dar conta, uma líder e ativista política com muita garra, mas sem a menor noção do que viria a conquistar depois. O resto dessa história, que ainda nem sonha em terminar, muitos já conhecem: O Rio de Janeiro saiu às ruas e mostrou ao Brasil e ao mundo que não é apenas a cidade do carnaval .

Muito recentemente Adriana deixou a liderança do movimento VemPraRua para se dedicar à sua pré candidatura a Deputada Estadual pelo Partido Novo. No seu ponto de vista, é o partido cujos pilares mais se aproximam do que acredita e melhor reúne as condições para as mudanças que ela julga necessárias.

Sua intenção é continuar a luta que a levou às ruas agora de dentro do poder, fazendo parte do grupo que dará uma nova cara à política brasileira.

Adriana também participa de várias outras atividades ligadas à cidadania e à inclusão social.

Formada em Direito pela PUC RJ, após morar uma temporada em NY, no final dos anos 90, se enveredou para o ramo da moda onde passou a atuar como estilista e gerente de produto para as melhores marcas do Brasil. Hoje possui a sua própria consultoria de estilo e imagem a Abalthbrands. 

Trabalhou durante 5 anos na escola Maria de Nazareth na Rocinha, com crianças de 4 a 8 anos. Desenvolve em parceria com a Casa Geraçao Vidigal alguns trabalhos com jovens designers de comunidades do Rio de Janeiro. Participou do Conselho das Mulheres Empresárias e do Conselho de Segurança Pública, Transparência e Cidadania da Associação Comercial do Rio de Janeiro.

Atualmente faz parte do núcleo de Políticas Públicas do Projeto Mulheres do Brasil.”

O NOVO é um movimento que foi iniciado por cidadãos insatisfeitos com o montante de impostos pagos e a qualidade dos serviços públicos recebidos. Este grupo de pessoas nunca havia se candidatado a nenhum cargo eletivo, mas concluiu que um partido político seria a ferramenta democrática adequada para realizar as mudanças desejadas e necessárias.

Analisando os partidos políticos existentes, concluímos que nenhum deles defendia claramente a maior autonomia e liberdade do indivíduo, a redução das áreas de atuação do Estado, a diminuição da carga tributária e a melhoria na qualidade dos serviços essenciais, como saúde, segurança e educação. Em razão desta constatação, optamos pela formação de um novo partido político.

“O que nos motiva não é a certeza do sucesso, mas o senso de obrigação que temos com o País e com as futuras gerações.”

O NOVO foi fundado em 12 de fevereiro de 2011 por 181 cidadãos de 35 profissões diferentes e oriundos de dez estados da Federação. Durante três anos e meio, nos dedicamos ao trabalho de divulgação dos nossos objetivos e valores e ao cumprimento das exigências legais para o registro do partido.

Com nove Diretórios Estaduais formados e 502 mil assinaturas de apoio para a criação do partido validadas, solicitamos, em julho de 2014, o registro definitivo do NOVO, que foi deferido pelo TSE em 15/09/2015. O NOVO tornou-se, então, o 33º partido brasileiro em atuação e foi autorizado a ter filiados, lançar candidatos e adotar o número 30.

O NOVO não se utiliza de quaisquer recursos públicos para sua sobrevivência enquanto partido político, bem como, para a realização de campanhas eleitorais. Assim sendo, o NOVO, ao receber os recursos obrigatórios do fundo partidário e do fundo eleitoral, mantém, ambos, depositados em conta corrente específica até que alcance algum meio legal de devolver tais recursos.

Todas as despesas necessárias para a manutenção do partido, e são muitas, são oriundas da contribuição de filiados e simpatizantes em geral. Da mesma forma, as despesas das campanhas eleitorais dos diversos candidatos do partido, são, também, originadas de doações de simpatizantes desses mesmos candidatos.

Assim sendo, o partido NOVO, não faz uso de qualquer recurso público em qualquer momento de sua vida institucional.

undefined

As palavras chave para o que Adriana acredita são mudança e renovação. Ela crê na existência de um Brasil que possa reverter o quadro negativo em uma realidade melhor, mas para isso é preciso começar pela oxigenação do núcleo político, que terá início através do ‘’ fim’’: fim do foro privilegiado, fim da monopolização de políticos profissionais no poder, fim da desigualdade de gênero e fim da corrupção e da impunidade.

Essas são apenas algumas das lutas de Adriana, que discursa de cima de muitos caminhões sobre como a igualdade de todos perante a lei deve ser levada a sério, dando fim aos privilégios daqueles que ocupam cargos públicos. Ela acredita que, em união, a sociedade brasileira terá forças para vencer aqueles que afundam o país e querem beneficiar apenas si próprios. Adriana acredita na justiça e no respeito, e não vai se calar até consegui-los.

NomeCPFData/HorárioForma de doaçãoValor

Doe agora mesmo para o candidato(a) Adriana Balthazar

Se está pagina estiver fora de nossos Termos e condições de uso clique em "Denunciar página":

Denunciar página